cinema

Taiyo no Uta

sábado, maio 01, 2010Thabata Lima Arruda

Quando você começar a assistir Taiyo no Uta talvez você pense: "Putz, história clichê", mas calma! Dê uma chance ao filme. Diria que este possui um diferencial. O que difere ele de outros com o mesmo enredo é a sutileza, que boa parte dos filmes japoneses possui. 


Kaoru Amane (YUI) é uma adolescente de 16 anos que possui a doença Xerodermia Pigmentosa, muito rara e sem chances de cura. (Até aqui vocês já devem imaginar o desfecho da história não é?) Por conta de sua doença ela não pode ser exposta ao Sol, portanto ela troca o dia pela noite. Pelas manhãs ela observa da janela de seu quarto Koji Fujish (Takashi Tsukamoto), um jovem que ama surfar. Durante as noites Kaoru anda pela cidade com seu violão e sempre canta no mesmo local. 
Depois de meses alimentando esse amor platônico a oportunidade de falar com Koji surge, então ambos constroem, juntos, um sentimento de amizade e amor ingênuo. 


O filme foi lançado em 2006 no Japão, por aqui não chegou, mas não é difícil encontrá-lo para baixar pela internet. O que vocês podem encontrar, também, é um live action homônimo baseado neste filme, já essa versão estrelada por YUI, foi baseado em uma produção chinesa, que por sua vez teve inspiração de um livro. 
As canções cantadas por Yui durante o filme possuem tanto letra, quanto melodia, lindas, sem contar a interpretação carregada de emoção que ela dá a cada música. A história se desenvolve sem forçar a barra e com pitadas sutis de humor. Se você não tem paciência para esse tipo de história não recomendo, mas se gosta de cultura nipônica e filmes leves, Taiyo no Uta é uma ótima pedida. 

Talvez você goste

0 comentários

Digue...

Formulário de contato