livro música

Hilda Hilst musicada por Zeca Baleiro

sexta-feira, julho 16, 2010Thabata Lima Arruda

 
Assim que recebeu uma cópia do primeiro disco de Zeca Baleiro, enviado pelo próprio cantor, Por Onde Andará Stephen Fry? (1997), a escritora Hilda Hilst propôs a ele uma parceria. Hilda Hilst enviou a Zeca Baleiro um disquete com algumas de suas obras poéticas, e foi lá que Baleiro descobriu o livro Júbilo Memória Noviciado da Paixão. O cantor escolheu um capítulo para musicar, foram dois anos de trabalho, até que em 2006 nasceu o disco Ode Descontínua e Remota para Flauta e Oboé - De Ariana para Dionísio. O disco começou a ser gravado em 2003 e teve aval da escritora e a colaboração do violonista Swami Jr. nos arranjos de base. Para musicar os dez poemas, Baleiro buscou uma sonoridade que se encaixasse nos poemas já em essência muito musicais de Hilst. Instrumentos como harpa, oboé e fagote ajudaram a criar o clima. Para dar mais charme ainda ao disco, Baleiro contou com a adesão de dez cantoras para interpretar as canções. Pela ordem de entrada no CD, o time é formado por Rita Ribeiro, Verônica Sabino, Maria Bethânia, Jussara Silveira, Ângela Ro Ro, Ná Ozzetti, Zélia Duncan, Olívia Byington, Mônica Salmaso e Ângela Maria.
 Zeca Baleiro e Hilda Hilst

São músicas de extremo bom gosto e delicadeza. Uma verdadeira obra da literatura e da música! Sem dúvida um dos meus discos favoritos.  

Talvez você goste

0 comentários

Digue...

Formulário de contato